Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Novamente Geografando

Este blog organiza informação relacionada com Geografia... e pode ajudar alunos que às vezes andam por aí "desesperados"!

Novamente Geografando

Este blog organiza informação relacionada com Geografia... e pode ajudar alunos que às vezes andam por aí "desesperados"!

Os maiores desertos do Mundo

Mäyjo, 08.04.20

deserto.jpeg

 

Deserto, em Geografia, é uma região que tem pouca precipitação. Muitos desertos têm um total anual de precipitação inferior a 400 mm.

Uma consequência desta característica é serem regiões quentes e áridas e por isso serem também áreas com pouca vida.

Além dos desertos quentes, podemos também encontrar os desertos frios, como são os casos da Antártida e no Ártico. 

 

1 – Antártida (13.829.430 km2)

Por estranho que possa parecer a Antártica surge nesta lista, pois, apesar do muito gelo, esta é uma grande área na qual a evaporação ultrapassa a precipitação.

 

2 – Ártico (13.726.937 km2)
Se o primeiro lugar em extensão territorial está no Polo Sul, o segundo está no Polo Norte. O deserto do Ártico é outra área fria que, apesar do gelo, tem também uma evaporação muito superior à precipitação anual. Estas áreas também são conhecidas como desertos polares ou desertos frios.

 

Na lista dos maiores desertos, os desertos que se seguem são desertos quentes.

 

3 – Saara, no Continente Africano (9.100.100 km2)
Surge em terceiro lugar o grande deserto do Saara, que é também conhecido por ser o maior deserto de areia em extensão territorial.

 

4 – Deserto da Arábia - Oriente Médio (2.300.000 km2)

É um deserto localizado na região da Arábia Saudita. As temperaturas variam entre os 40°C e até 50°C no período mais quente e de 5°C a 15°C no período mais frio.

 

5 – Deserto de Gobi - China (1.300.000 km2)

É um extenso deserto entre a região norte da República Popular da China e região sul da Mongólia, a palavra Gobi significa deserto em mongol. A temperatura média anual é de -2,5°C a 2,8°C.

 

6 – Deserto de Kalahari - sul da África (900.000 km2)

Abrange áreas do sul da África e é gerado devido as condições atmosféricas locais, como a corrente marítima fria de Benguela que atua na costa sudoeste da África.

 

UMA CIDADE-OÁSIS NO MEIO DO DESERTO MAIS SECO DO MUNDO

Mäyjo, 28.02.15

oasis_SAPO

O ajuntamento tropical de Huachachina, no Peru, encontra-se rodeado pelo mais seco deserto do mundo, Atacama, um dos mais inabitáveis locais do Planeta. A vila tem 96 habitantes, hotéis rústicos, lojas e até uma livraria – a natureza inclui um lago e várias palmeiras. Tudo rodeado de areia até perder de vista.

O lago foi formado de forma natural – ainda que existam lendas míticas ligadas a ele – e é uma das mais incríveis paisagens que os turistas verão em várias centenas de quilómetros.

Segundo o Daily, Mail, Huachachina é habitada por descendentes dos Incas que estão, sobretudo, ligados ao sector do turismo, e situa-se a quatro quilómetros da cidade colonial de Ica, que tem 250 mil habitantes.

A aldeia tornou-se popular nos anos 40, altura em que era visitada pelos peruanos mais ricos. O local já foi considerado património nacional da cultura peruana. Para quando a designação de Património da Humanidade?

 

Um oásis peruano

oasis_a

 

Desertos e Semidesertos

Mäyjo, 15.01.15

deserto11.jpg

Arizona

 Existem regiões áridas em todos os continentes. Quase sempre, elas são dominadas por altas pressões atmosféricas ou anticiclones, isto é, por centros dispersores de ventos. Por esse motivo, não recebem os ventos húmidos causadores de chuvas.

As altas pressões subtropicais, ao se instalarem sobre os continentes, são as principais responsáveis pela existência das regiões áridas. Por isso grande parte dessas regiões está localizada em latitudes subtropicais.

De qualquer modo, os ventos de todas as regiões áridas são secos.

As regiões áridas apresentam duas características essenciais: 

- Escassez e irregularidade de chuvas;

- Grande variação diária da temperatura.


Dependendo da quantidade de chuvas caídas durante o ano, as regiões áridas são classificadas em:


- Desertos ou regiões áridas propriamente ditas, onde chove menos de 250 mm por ano;

- Semidesertos ou regiões semiáridas, onde chove de 250 a 500 mm por ano.


Geralmente os desertos estão situados no interior das regiões áridas.


As temperaturas das regiões áridas variam com a latitude. Se a temperatura média do ano for maior que 20 °C, podemos dizer que o deserto é quente. O Saara e o deserto da Arábia, por exemplo, são quentes.


Se a temperatura média do ano for menor que 20 °C, o deserto é frio. E o caso do deserto de Gobi, localizado em grande parte na Mongólia; a outra parte situa-se na China.


Portanto, as regiões áridas podem ser quentes ou frias. Em qualquer dos casos existe uma grande variação diária da temperatura.


Seja qual for o deserto, em condições naturais a agricultura é quase impossível nos desertos. Além da falta da água para as plantas, os solos não se prestam ao cultivo.